Lyria RPG

Your Second Life
 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Evan Di Priore [Postagens]

Ir em baixo 
AutorMensagem
Beau

avatar

Mensagens : 26
Data de inscrição : 01/02/2017

MensagemAssunto: Evan Di Priore [Postagens]   Seg Fev 06, 2017 11:20 pm

EVAN DI PRIORE
APELIDO: Evs, Van

IDADE: 18 anos

NACIONALIDADE: Verona, Itália

ASCENDENCIA: Dionísio

ORIENTACÃO SEXUAL: Homossexual

ARMAS DESEJADAS:Chicote das Vinhas - Chicote inquebrável feito das vinhas abençoadas do próprio deus. Este chicote possui um leve veneno, que pode paralisar somente a parte em que ele encostou. Transforma-se em uma pulseira dourada.
Tirso Baco - Tirso que consiste em um bastão de madeira resistente envolto em hera e ramos de videira, é encimado por uma pinha que é feita com bronze celestial.Além de ser uma arma poderosa para ataque, as videiras ajudam fazendo o melhor vinho de todos,este vinho é infinto, ao atacar o inimigo você pode ter uma grande chance de embriaga-lo, deixa-lo confuso ou o faze-lo adormecer.
Tigre - Mascote sagrado, forte e resistente se bem treinado pelo dono sera muito obediente. Nome e aparência escolhidas pelo dono. { Cor: Maltês } { Nome: Ágata }

Dados
Descrição Física: Dono de uma beleza peculiar, Evan possui os traços delicados que herdou da mãe. Estatura considerada mediana, assim como a irmã. Nariz afilado, pele clara, rosto bem marcado como se tivesse sido desenhado com a ponta do lápis. Seus olhos se tornam cinza de tão verdes que são, embora, em alguns momentos, adotem uma pigmentação azulada. Por treinar a arte do tecido desde cedo, seu corpo é adaptado para tal. Tendo seus músculos bem definidos e de chamar atenção para aqueles que o assiste. Seus cabelos segue a linha do castanho escuro, quase preto.

Descrição Psicológica: Curioso e dramático. A curiosidade sempre foi o forte de Evan, talvez por isso sempre se envolvesse nas confusões da irmã, queria ver no que ia dar. Mas isso não significava que não gostasse da arte das brincadeiras que aprontavam. Se não fossem filhos de Dionísio, caberiam perfeitamente como filhos de Hermes. Tem um lado sentimental forte, magoando-se fácil quando é deixado de lado pelas pessoas. A sua veia dramática acaba que por intensifica suas tristezas, fazendo-o sofrer mais do que o necessário apenas para chamar a atenção de terceiros.

História
Espetáculo. Picadeiro/Palco. Plateia. Luz. Eu.

Se me perguntassem onde eu queria ter nascido, eu responderia: “No mesmo lugar”. Nascer em meio ao caos e a mágica que é o circo, me tornou quem eu sou hoje. Na verdade, não... Como costumo sempre dizer: “Nasci para brilhar”. E nascer neste meio só possibilitou ainda mais a minha ascendência.

O Circo Di’Priore não começou grande e nem tão famoso. Seus primeiros shows foram em vilarejos italianos, com apenas quatro palhaços, três acrobatas e shows com cachorros extremamente inteligentes e divertidos. Com o tempo encontraram uma contorcionista e seu marido um mágico. Depois um adestrador de animais selvagens, e, em menos de quinze anos, tomaram proporções grandes o suficiente para poderem sair da Itália e desbravar os recantos europeus.

Minha mãe não era apenas a filha de Antony Di Priore, o dono majoritário do espetáculo, mas sim uma das peças fundamentais daquele lugar. Veronica Di Priore desde quando jovem mostrou um talento imensurável para as artes circense, principalmente para os shows aéreos. Provavelmente foi dela que herdei o gosto pela arte dos tecidos. Um de meus números no show era esse. Técnica que treinei desde pequeno ao seu lado.

Ao meu lado, sempre era possível encontrar a minha irmã: Lyanna. A afirmação popular de que gêmeos não se desgrudam podia ser confirmada com nós dois. Talvez, o único momento em que ficávamos separados, era na hora do meu show solo. Viver e crescer no circo nos deu uma noção completamente diferente de mundo. Não íamos a escola ou ficávamos parados por mais de três meses em um lugar. Nossas aulas eram com mágicos e palhaços. Nossa noção de estranho era completa e totalmente fora dos parâmetros de qualquer outro fora de nosso mundo.

Nossa vida mudou quando pisamos pela primeira vez na América do Norte. A emoção de estar em território dos mais famosos espetáculos era tão grande que nem nos importávamos com as coisas estranhas que começaram a acontecer. Até que, de fato, fomos atacados por homens gigantes de um olho só. Mas essa história a Ly pode contar pra vocês.

E então aqui estamos: Acampamento Meio-Sangue. Depois de uma fuga para deixar aqueles que amamos salvos, viemos parar em um lugar totalmente desconhecido que é administrado por ninguém menos que o nosso ‘pai’.  O cara que durante anos me perguntei quem era e que só descobrimos dias após a nossa chegada ao local de uma maneira não muito agradável:

"Estávamos xavecando duas proles da deusa do Amor quando o símbolo roxo em formato de cacho de uvas apareceu sobre nós dois. Os filhos de Afrodite fizeram uma cara de nojo e se afastaram sem nem despedirem. Eu olhei para a Lyanna sem entender o que tinha acabado de acontecer. Caminhamos até a Casa Grande a procura do centauro que nos recepcionou para saber o que aquela figura representava.

A única coisa que encontramos lá foi o deus responsável pelo acampamento, Dionísio, tentando seduzir uma ninfa que passava pela frente de sua ‘casa’. Foi traumatizante vê-lo tentando tirar a camisa para chamar a atenção do espírito. Só que mais traumatizante ainda, foi lembrar que a uva era o símbolo de tal deus. Eu e Lyana saímos de lá na mesma hora, correndo em direção ao chalé de Hermes, onde estávamos hospedados. Agora estava explicado a reação dos filhos da beleza."


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Evan Di Priore [Postagens]
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» O CONTEÚDO DAS POSTAGENS É DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DOS AUTORES

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Lyria RPG :: Database Lyria Game :: Registros-
Ir para: